5 coisas que um web designer faz.

1 – Programação

Princípios de PHP são constantemente muito -vindas, uma vez que um programador visual vai precisar fazer poucas manutenções em páginas ativas vez ou outra e também descobrir o que acontece no código é uma boa forma de ser produtivo. Porém não precisa passar detrás de um curso de PHP: Trabalho em equipe está aí pra isso. Eu aprendi muita coisa fuçando e também conversando com os programadores. Se você é novo na dimensão e também possui essa possibilidade, aproveite. Se acha válido – e também é – se aprofundar um tanto mas na linguagem (que não obrigatoriamente precisa ser PHP), procure um bom curso!

WordPress requer abc básicas de PHP, a título de exemplo, e também dominar muito este CMS é um diferença bacana e também todo vez mas requisitado. O melhor de tudo é que é jocoso.

2 – Auxílio, busca, briefing

Você é tímido, não possui jeito com as palavras? Se quiser se primar na extensão, é melhor assentir a vergonha de lado! Contato direto com o comprador é fundamental para um bom trabalho, por fim, para um serviço ser regular (não só para o freguês, porém para você e também singularmente para os usuários do sítio ), precisa pegar o que o comprador falou e também transcrever aquilo em trabalho.

Em uma dependência onde trabalhei, a título de exemplo, além de participar de reuniões com fregueses e também entregar suporte por telefone/ mail, também contribuo no desenvolvimento da proposta. A melhor forma de prestar o melhor serviço é, literalmente, se colocar no lugar do usuário e também das pessoas que vão vestir o projeto do freguês. E também como fazer isso? Conversando, brifando, pesquisando…

E também o que diabos é briefing? Sobretudo um coletadão de informações relevantes que o usuário oferece para o projeto. O que este precisa? Pra quê? Pra quem? Por quê?

Para facilitar a geração de páginas e também blogs, eu criei um formulário de briefing para quem está interessado em meus serviços de desenho. Dá uma olhada lá pra ter uma teoria do que é necessário coletar de informação com o usuário para fazer um briefing completo. Mas dúvidas surgirão no meio do caminho, normal.

Essencial: Essa secção de briefing frequentemente é para free-lancers, gerentes de projetos ou executivos da filial. Usualmente o que vai chegar na mesa do internet programador visual é o projeto finalizado, portanto o trabalho será mas de busca e também escadeirar um papo com o usuário no discurso da geração.

3 – Geração (wireframe, arranjo, logos, banners…)

A secção que todo planeta já fazer, porém enquanto entra na extensão percebe que não é muito deste modo. É como é natural, rola geração, porém rede configuração não é só isso.

Em pequeno número de agências grandes há setores de internet desenho industrial. Um fazia só o desenho industrial, o outro fazia só animações, o outro só codificava e também por aí vai. Bom, eu acompanho copiosos páginas que divulgam vagas de rede desenho industrial e também o que eu percebo é que a todo dia que passa o internet programador visual precisa ter um vasto conhecimento e também prática.

O que eu mas vejo sendo solicitado para rede designers agora : desenho industrial, standards (xhtml, css, semiologia etc), flash, action script, CMS (wordpress, joomla), SEO, javascript/jquery, mobile, crossbrowser, abc de php e também qualquer vez mas html5 e também css3.

Sim, princípios de PHP, até porque todo vez mas o internet programador visual vem se aproximando do programador, o que, de certa forma, melhora a ativa do conjunto. Não prosseguirei mentir: Eu mesmo sei bastante pouco de javascript/jquery e também flash, além de não descobrir NADA de action script. E também aí? Bom, então, é questão de foco: Eu sou um internet programador visual de quem trabalho é focado em standards, wordpress, teor e também SEO. Ou melhor, meu foco é pós- geração, porém eu também crio.

É bom descobrir bastante coisa? De certa forma, sim. O ideal é ter um foco em um pouco característico e também noção em coisas que estão em vinda. É o meu caso. Como eu diz supra, numa escritório extensa, usualmente qualquer rede programador visual é mas focado em um pouco. O essencial neste caso, supra de tudo, é ter um distintivo.

4 – Cifragem

Essa é a secção que mas me “entretém” no desenho. Estou constantemente estudando, fazendo testes e também a todo dia eu descubro uma coisa novidade, o que é forçoso.

Um programador visual precisa ter fortes abc de internet standards (normas para rede ). A meu ver, o forçoso é dominar xhtml, css e também semiologia. O resto cá é desigualdade.

Ah sim, tableless não é “ a mesma coisa que” standards. O segundo é um conjunto de normas, e também tableless, de certa forma, faz secção delas, não obstante ter um nome contraditório: tables não “morreram”, elas são usadas sim. Porém somente para, literalmente, tabelas, e também não para o sítio da Internet inteiro como era acontecimento antes. Há uma tag própria para todo coisa, isso é semiologia – isto é, não adianta permanecer usar copiosas divs também.

Finalmente, ter rudimentos de HTML5, CSS3 e também JavaScript/JQuery é ter um passo a na frente de. Por pouco tempo, uma vez que logo logo isso será obrigação também.

5 – Animação

Sim, Flash e também coisas do gênero de. É fato que este vem sendo um item descartado da lista de coisas primordiais que um programador visual deve, no mínimo, ter noção. Culpa da Apple? Isso é outra história!

Bom, a valer o Flash não é uma boa opção para páginas, porém serve para banners, hotsites e também por aí vai. Flash não vai finar-se, este simplesmente vai saber que é o seu lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *